O efeito das palavras cheias de cores e sonhos

Dizer às crianças que elas são lindas, amadas, bem-vindas, adoradas, generosas, nobres, bonitas, que são a luz de nossos olhos e a alegria de nossos corações; gera crianças ainda mais agradáveis, saudáveis, felizes e bem dispostas.

E não há nada mais agradável do que viver com crianças felizes, seguras e amorosas.

Não há razão para não exagerar nas  palavras cheias de cores e sonhos. Palavras bonitas podem não aparecer no nosso vocabulário, porque nunca as recebemos na nossa infância.

Nesse caso, temos que aprendê-las com tenacidade e vontade. Se fizermos esse trabalho agora, nossos filhos – quando forem pais – não terão que aprender esta lição. Porque surgirão das suas entranhas, com total naturalidade, as palavras mais bonitas e as frases mais gratificantes  para com os seus filhos.

E essas cadeias de palavras carinhosas se perpetuarão por gerações e gerações, sem que os nossos netos e bisnetos o notem, porque eles farão parte de sua genuína maneira de ser.

Texto de Laura Gutman e desenho de Jonewho.

Siga-nos no Facebook